quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Prece por Equilíbrio na Vida Diária


Jesus, ninguém enfrentou mais imerecidas tribulações diárias do que o Senhor.

A princípio, renunciou a convivência com os Anjos, para conviver com o ser humano...

Carpinteiro simples, renunciou a paz para - por amor a nós - pregar o Evangelho de redenção, conforto e caridade.

Jesus, lídimo arauto da Divindade - humanização do Sopro de Deus que ainda não conseguimos por nós mesmos alcançar e sentir -, se não fosses Tu, Mestre, não conheceríamos nem sentiríamos o Coração Excelso do Pai. Grato somos por tamanha doação, tamanho amor.

E é por isso Jesus, reconhecendo nossa pequenês e incapacidade para assimilar e sentir as coisas santas, a espiritualidade nossa e que move a vida, que Lhe pedimos:
Nos ampare!

Qual há dois mil anos, ainda Te buscamos desnorteados, perdidos e confusos, sofrendo o efeito das mazelas morais que trazemos dentro de nós, fonte dos desequilíbrios, por isso Lhe pedimos, seja a nossa luz, seja o nosso norte, o farol a iluminar o oceano de brumas densas que ainda carregamos em nosso espírito individado.

Abençoe-nos Senhor, hoje e sempre, para que com o toque das Suas benditas mãos possamos sentir nossa imortalidade e a nossa condição de filhos de Deus.

Que sob o suave influxo do Seu amor, sob o Seu olhar compassivo e sob o comando da Sua suave voz possamos continuar perseverantes trilhando Seus passos, extendendo a solidariedade e o amor ao próximo, vivendo a caridade, que é o sinal de que o Senhor reside em nós.

Que assim seja!

Faria

(página mediúnica)

Nenhum comentário: